Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Professora Elisa lucas é homenageada pela Câmara de Vereadores de Piracicaba

Compartilhe:
Emoção marcou a solenidade em comemoração aos 130 Anos da Abolição da Escravatura e aos 5 anos do Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba (Conepir) e Medalha de Mérito Legislativo à Elisa Lucas Rodrigues, realizada nesta terça-feira (26), pela Câmara de Vereadores de Piracicaba, conforme propositura de autoria do vereador Marcos Abdala (PRB).
Ao fazer uso da palavra o vereador Marcos Abdala, autor da solenidade, agradeceu a oportunidade de participar do momento histórico, da importância do movimento negro e do Conepir, de todas suas conquistas ao longo dos anos e da responsabilidade em realizar um evento desta magnitude e de envergadura nacional, além de parabenizar a todos que lutam pela comunidade negra.

 

Emocionado, falou da importância do trabalho da homenageada, Elisa Lucas Rodrigues, de suas conquistas e da forma como conduziu todo o processo em prol a comunidade negra e os resultados conquistados. “Você Elisa, representa toda uma nação que sofreu injustiças raciais. Você é merecedora dessa medalha. E você Adney, engajou uma luta digna, séria e responsável, você nos contagiou”, disse o parlamentar.

 

Em seguida o presidente do Conepir, Adney Araújo Abreu falou da importância do Movimento Negro de Piracicaba, lembrou do 1º Encontro do Trabalho Decente, realizado em 2015, onde foi criada a Carta de Piracicaba, que solicitava cota nos concursos públicos federais que entre suas conquistas está a questão da cota, da trajetória de luta do movimento até a criação do Conepir, do trabalho em conjunto com o Executivo, Legislativo e Judiciário.

 

Ele também falou do Termo de Ajustamento de Conduta, criado junto à Secretaria Estadual de Ensino, regional de Piracicaba, depois de um caso de racismo em uma escola pública. “Naquele momento entendemos que a escola falhou, mas o Conepir não tinha o que fazer para punir. Fizemos o TAC para o enquadramento através da educação. Falamos do respeito e ocupação do espaço de direito”, lembrou Adney.

 

Ao finalizar sua fala o presidente do Conepir, falou da importância da solenidade. Segundo ele, foi um sonho que se tornou realidade. Ele agradeceu o apoio da família e do vereador Marcos Abdalla, pela realização do evento.

 

Ele também falou das conquistas do movimento, como tocar o Hino da Negritude nos eventos cívicos e nas escolas, da criação do selo Piracicaba – Racismo aqui não e do Dia dos Orixás e dos materiais escolares conseguidos pelo Conepir.

 

Também fez uso da palavra o advogado Luciano Alves Lima, presidente da Comissão de Igualdade Racial da Ordem dos Advogados do Brasil – 8º subseção Piracicaba, que falou sobre os 130 anos da Abolição e da assinatura da Lei Aurea e suas consequências até os dias de hoje.

 

Já o presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento Habitacional, que no evento representou o prefeito Barjas Negri, João Manoel dos Santos falou de sua participação no Movimento Negro, citou fatos históricos ocorridos após a assinatura da Lei Aurea em Piracicaba, como movimento contra a escravatura realizado pela fundadora do Colégio Piracicabano, Miss Martha Watts e Prudente de Moraes, das injustiças cometidas contra os negros.

 

Durante a solenidade foi entregue moção de aplausos, de autoria do vereador Marcos Abdala, ao Conselho de participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Piracicaba, pelos cinco anos de trabalho, valorização da cultura e defesa dos direitos da comunidade Negra ao presidente da entidade Adney Abreu.

 

Também foi entregue a Medalha de Mérito Legislativo à Elisa Lucas Rodrigues, que desde jovem se engajou na luta contra o racismo e foi a primeira mulher eleita a presidente do Conselho Estadual do Negro, sendo que uma das principais conquistas da sua gestão foi a articulação com o Governo do Estado na implementação da Lei Federal 10.639/2003, que obriga o ensino da História da África nas escolas públicas.

 

Elisa Lucas foi a primeira mulher negra a receber a Medalha de Mérito Legislativo, foi  a coordenadora de Políticas para População Negra e Indígena da Secretaria de Estado da Justiça da Defesa e da Cidadania e e, atualmente é assessora do presidente da Assembleia Legislativa.

 

Em seu discurso, Elisa Rodrigues falou dos avanços em prol da comunidade negra, a lei de cotas das três universidades públicas do Estado de São Paulo, além de todas as questões que envolvem a comunidade negra e, emocionada, agradeceu a homenagem prestada pela Câmara de Vereadores e pelo vereador Abdalla.

 

Em seu discurso ela falou também do trabalho do provedor da Irmandade da Igreja de São Benedito de Piracicaba, José Mariano (83), grande militante do movimento negro e de Adilson Abreu, que faz o trabalho de bastidores dentro do Conepir.

 

Texto:  Patrícia Moraes Sant’Ana

 

Deixe seu comentário:

Últimas Notícias

Colabore

envie-seu-artigo



gtag('config', 'UA-119164319-1');

 
 

Contato

* Whatsapp | 55 (16) 99790-7987 * portalafricas@hotmail.com

Curta no Facebook

Publicidade