Áfricas - A NOSSA agência de noticia preta

Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Eventos

Boogie Week: festival de música, arte e cultura negra traz Maxwell Alexandre e outros convidados em programação especial

Representatividade nas artes visuais, negócios da música e os 50 anos do Hip Hop são alguns dos temas das mesas de debates da Boogie Week

SI Comunicação
Por SI Comunicação
/ 36 acessos
Boogie Week: festival de música, arte e cultura negra traz Maxwell Alexandre e outros convidados em programação especial
IMPRIMIR

LOCAL

Museu Afro Brasil Emanoel Araujo

ENDEREÇO

Parque Ibirapuera, acesso e desembarque pelo Portão 10 (estacionamento de veículos apenas pelo Portão 3). Av. Pedro Álvares Cabral - Vila Mariana - São Paulo.

CEP

04094-050

INÍCIO
21/11/2023 15:00
FINAL
25/11/2023 22:00

 A Boogie Week, um dos mais novos festivais de celebração à música, arte e cultura negra de São Paulo, terá uma programação especial que acontecerá  entre os dias 21 e 25 de novembro, com uma série de ações dedicadas às artes visuais, negócios da música, aos 50 anos do Hip Hop e mais. O evento será realizado no Museu Afro Brasil Emanoel Araujo e a entrada é 1kg de alimento não perecível. Os ingressos já estão disponíveis e podem ser adquiridos por meio da plataforma Sympla

Segundo Zélia Rodrigues Peixoto, Coordenadora de Produção e Programação do Museu Afro Brasil Emanoel Araujo, essa parceria “é inédita e foi costurada durante muitos meses, resultando em uma programação que tem sinergia e ao mesmo tempo, mantém a identidade tanto do Museu quanto da Boogie Naipe. Unindo forças com os diversos públicos, para quem pensamos com carinho cada detalhe, nos tornamos mais fortes, movimentamos uma cena que cresce a cada dia e ainda estimulamos pensamento crítico com diversão”, explica a gestora.

A programação será aberta na próxima terça-feira (21/11), às 15 horas, com a mesa Janelas e espelhos: representatividade nas artes visuais e na construção da autoimagem. Encontro com artistas: Maxwell Alexandre, Manoela Navas, Novíssimo Edgar e Diego Mouro. Mediação: Nathalia Grilo, no Teatro Ruth de Souza (auditório do MAB-Emanoel Araujo). O evento contará com a participação de Maxwell Alexandre, um artista contemporâneo brasileiro que recebeu o prêmio de artista do ano de 2020 pelo Deutsche Bank e foi reconhecido como um dos 35 artistas vanguarda pelo Artsy. Suas obras estão presentes em importantes coleções, como Pinacoteca do Estado de São Paulo; Museu de Arte de São Paulo; Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, entre outros. 

Em um bate-papo descontraído sobre o poder das imagens na construção das identidades e do senso de pertencimento, Maxwell Alexandre, Manoela Navas, Novíssimo Edgar e Diego Mouro irão compartilhar suas perspectivas inspiradoras sobre o papel das artes visuais como uma poderosa ferramenta de empoderamento racial frente à realidade contemporânea brasileira e mundial. A mediação será por conta de Nathalia Grilo.

No dia 22, quarta-feira, às 15h, na mesa 50 anos de Caminhada - Hip Hop como expressão política e social, Nelson Triunfo, Soberana Ziza, Edi Rock e Cris SNJ - representando os diferentes elementos desta manifestação global  - se reúnem para compartilhar vivências, relembrar momentos históricos e reconhecer as influências do que, para além de um estilo musical, significa uma profunda expressão de identidade política e social, presente em todas as comunidades periféricas do mundo. A mediação fica a cargo de Stella Yeshua.

Já no dia 23, também às 15h, a Boogie Week traz a mesa de debates Conexão humana e tecnologia - negócios da música para além do “business”. Em um mundo em que novas formas de consumir e fazer música crescem de maneira exponencial, Kaire Jorge, sócio da Boogie Naipe e diretor da Labbel Records, convida Stephanie Aguiar e Silas Martins da ONErpm para debater sobre o quê preservar na construção de uma carreira musical sustentável e como a tecnologia pode ajudar a alcançar públicos diversos com abordagens inovadoras. 

Na sexta-feira (24), a programação é para os pequenos de uma escola da rede pública de ensino fundamental da cidade de São Paulo. A Boogie Week realiza em parceria com o Museu Afro Emanoel Araujo e a EMEF-Ibrahim Nobre uma sessão de cinema exclusiva para aproximadamente 140 crianças.

O evento se encerra no dia 25/11, sábado, na Arena de Eventos do Parque Ibirapuera, com a 3ª edição do Festival Boogie Week e um line-up variado, com atrações como MC Carol, Linn da Quebrada, Pixote, BK', Tz da Coronel, Duquesa, Yunk Vino, th4ys, Danzo, Mc Luanna e Bebé. O festival também terá a presença do cantor americano de R&B e Soul, October London, que fará sua primeira apresentação no Brasil, com produção executiva de Mano Brown.

Um dos diferenciais da Boogie Week é que todas as mesas de debate contarão com o recurso de acessibilidade da interpretação em Libras, pela equipe da Mão Preta Libras. Para participar das mesas de debates da Boogie Week, basta doar 1kg de alimento não perecível. As doações serão destinadas à organização Capão Cidadão, que atende crianças e adolescentes por meio do lazer, cultura e educação. Não serão aceitas doações de sal e açúcar. 

Festival Boogie Week

Idealizado pela CEO da Boogie Naipe, Eliane Dias, o conceito da Boogie Week surgiu em 2016, depois que a empresária fez um mapeamento global dos principais festivais temáticos da cultura negra, passando pela África do Sul, Estados Unidos e América Latina. Ela avaliou não somente a curadoria artística, como também a estrutura técnica e a experiência do público. A programação desta edição traz a ideia de pertencimento, acolhimento e celebração do passado, presente e futuro. A proposta é criar um espaço novo para a população negra, “onde a nossa cor não seja lembrada só para falar de dor, de luta e resistência, mas para criar novas memórias com nossas presenças e nossos sorrisos”, afirma Eliane.

O festival Boogie Week inaugura em 2023 sua parceria com o Museu Afro Brasil Emanoel Araujo, uma instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, administrada pela Associação Museu Afro Brasil. A edição deste ano contará também com os patrocínios da ONErpm e da Budweiser, com os apoios da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Urbia, iFood, Jeep-Dahruj, Eletromidia como parceiro de mídia e Sympla como plataforma oficial de vendas.

Serviço Museu Afro Brasil Emanoel Araujo
Festival Boogie Week 2023
Datas: 21 a 25 de novembro
Local: Museu Afro Brasil Emanoel Araujo
Horário: às 15h 

Classificação indicativa: Livre
Ingressos: http://bit.ly/BoogieWeek23
Site Oficial: www.boogieweek.com.br  

Serviço:
Festival Boogie Week 2023
Data: 25 de Novembro de 2023
Local: Parque Ibirapuera, acesso e desembarque pelo Portão 10 (estacionamento de veículos pelo Portão 3). Av. Pedro Álvares Cabral - Vila Mariana - São Paulo (em frente à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo - ALESP).
Horário: Abertura dos portões às 12h, início do Festival às 12h e encerramento às 22h.
Classificação indicativa: 18 anos. Menores devem estar acompanhados pelos responsáveis. 
Ingressos: http://bit.ly/BoogieWeek23
Site Oficial: www.boogieweek.com.br 

 

FONTE/CRÉDITOS: Boogie Week