Áfricas - A NOSSA agência de noticia preta

Segunda-feira, 15 de Julho de 2024

Brasil

Conheça iniciativas que trabalham em prol da aceleração de lideranças inclusivas

Repórter JB
Por Repórter JB
/ 99 acessos
Conheça iniciativas que trabalham em prol da aceleração de lideranças inclusivas
Divulgação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

BAIXE agora o APP Áfricas  [ CLIQUE  AQUI ]
Siga nosso NOVO CANAL no WhatsApp 
Siga-nos no Instagram

Atualmente ações de diversidade, equidade e inclusão (DE&I) se tornaram tarefas básicas no mundo corporativo e na sociedade. Não é de hoje que as pessoas desejam um ambiente de trabalho de pertencimento, onde há respeito pelas diferenças individuais, equidade de gênero e oportunidade a todos, independente da raça e etnia.

Além disso, está cada vez mais claro que ações afirmativas impactam diretamente nos negócios. De acordo com o estudo realizado pela McKinsey, de 2020, as empresas que apresentam diversidade em suas equipes e em cargos de liderança podem ter um aumento de até US$ 12 trilhões no Produto Interno Bruto (PIB) global até 2025. No Brasil, o acréscimo seria de cerca de US$ 410 bilhões.

Pensando em fomentar a diversidade e ampliar as oportunidades, alguns movimentos têm desenvolvido estratégias de contratação, desenvolvimento e retenção de funcionários representantes de grupos minorizados, como negros, mulheres, pessoas LGBTQIA+ e com deficiências e outros. 

Publicidade

Leia Também:

Confira abaixo os movimentos e os programas que oferecem essas oportunidades:

Mover - Movimento Pela Equidade Racial

O Movimento pela Equidade Racial (MOVER) foi criado a partir de um Manifesto em que algumas das maiores empresas do país de vários segmentos econômicos assumiram o compromisso público de evoluir coletivamente em uma jornada antirracista, promovendo ações de diversidade, equidade e inclusão no ambiente corporativo e junto à sociedade. O MOVER e suas associadas pautam sua atuação, ações e investimentos em três pilares: Liderança, Conscientização, Emprego e Capacitação.

Conselheira 101

Programa sem fins lucrativos, com o objetivo de ampliar o conhecimento de lideranças femininas negras sobre o papel dos Conselhos de Administração e incentivar o networking das participantes com a comunidade de  governança corporativa. Idealizada por um coletivo de mulheres, como Jandaraci Araújo e Lisiane Lemos, a iniciativa surgiu de reflexões de diferentes grupos sobre os mesmos temas: como tornar os Conselhos de Administração mais diversos sob a perspectiva étnico-racial e como dar visibilidade a mulheres negras e indígenas que já possuem as qualificações necessárias para ocupar assentos nos Boards.

Mais Diversidade

A Mais Diversidade é a maior consultoria de diversidade e inclusão da América Latina, com foco em consultoria no Brasil e países da região para apoio na definição de objetivos estratégicos, engajamento de lideranças, revisão de políticas, monitoramento de KPIs, além de treinamentos, pesquisas, censos e recrutamento e seleção. A partir de pesquisas ou necessidades identificadas pelas organizações, a Mais Diversidade traça um planejamento estratégico para contratação, desenvolvimento e retenção de talentos diversos representantes de grupos minorizados, a exemplo de mulheres, pessoas negras, com deficiência, LGBTI+, indígenas e de diferentes gerações.

{reprograma}

Fundada em 2016, pela peruana Mariel Reyes Milk e as sócias Carla de Bona e Fernanda Faria, a iniciativa de impacto social foca em ensinar programação para mulheres em situação de vulnerabilidade social e econômica, priorizando negras, trans e travestis, e tem o objetivo diminuir a lacuna de gênero na área de T.I. Até o momento, mais de 2 mil mulheres se formaram, sendo que mais de 71,7% se autodeclaram pretas ou pardas e 10% trans e/ou travestis. Em 2022, Nadja Brandão, mulher negra e advogada com foco em Governança Corporativa, Compliance e ESG assumiu como Diretora Executiva da iniciativa, que possui parceria com grandes empresas, como Mercado Livre, iFood e B3 Social.

 

Comentários:
Repórter JB

Publicado por:

Repórter JB

Colaborador(a)

Saiba Mais