Áfricas - A NOSSA agência de noticia preta

Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Expo Internacional

Expo Internacional Dia da Consciência Negra 2023: Celebrando a diversidade e a educação Afro-Brasileira

Thays Andrade
Por Thays Andrade
/ 633 acessos
Expo Internacional Dia da Consciência Negra 2023: Celebrando a diversidade e a educação Afro-Brasileira
Secretaria Municipal de Relações Internacionais (SMRI)
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

BAIXE agora o APP Áfricas  [ CLIQUE  AQUI ]
Siga nosso NOVO CANAL no WhatsApp 
Siga-nos no Instagram

Expo Internacional Dia da Consciência Negra 2023: Celebrando a Diversidade e a Educação Afro-Brasileira

A terceira edição da Expo Internacional Dia da Consciência Negra acontecerá de 18 a 21 de novembro, no Memorial da América Latina. Este evento é dedicado a celebrar os 20 anos da Lei 10.639/03 e, ao mesmo tempo, discutir sua efetiva aplicação no sistema educacional brasileiro.

A Lei 10.639/03, promulgada em 9 de janeiro de 2003, tornou obrigatório o ensino de história e cultura afro-brasileira no currículo-base da educação nacional. Em 2008, a norma foi ampliada para incluir a temática indígena. Sob o lema "uma lei, muitas lutas", a Expo ocupará todo o Memorial da América Latina com palestras, debates, uma feira de afroempreendedores, oficinas culturais e shows com nomes renomados da música brasileira.

Este evento é uma das iniciativas da política pública "São Paulo: Farol de Combate ao Racismo Estrutural", realizada pela Secretaria Municipal de Relações Internacionais (SMRI) em parceria com a Secretaria de Educação (SME). A Expo Internacional Dia da Consciência Negra é um dos maiores eventos do Brasil e do mundo no combate ao preconceito racial, com mais de 32 mil pessoas presentes nas últimas edições, sem contar o público online, pois todas as palestras e debates são transmitidos no YouTube. Neste ano, o evento abordará a luta via educação, um pilar central no combate ao racismo.

Publicidade

Leia Também:

O Memorial da América Latina

O Memorial da América Latina, um centro cultural aberto ao público, ao lado do metrô Barra Funda, sediará o evento. Palestras ocorrerão no auditório do Parlatino, que também abriga o Museu da Inclusão. Os shows, a feira de economia criativa e a praça de alimentação ocuparão cerca de 30 mil m² na área externa do Memorial.

"Mesmo após 20 anos, sabemos que a aplicação da Lei 10.639/03 ainda não é completa. Isso é mais um sintoma do racismo estrutural que infelizmente persiste, é uma ferida aberta na sociedade brasileira", afirma a secretária municipal de Relações internacionais, Marta Suplicy. "E a educação é o principal caminho de transformação, por isso a importância de debater a lei. Por isso também a Expo existe, ela é fruto direto da história e da cultura afro-brasileiras, valoriza e expressa esse protagonismo e é um poderoso instrumento de promoção da igualdade racial."

Em 2023, a SME lançou o "Currículo da cidade: Orientações Pedagógicas - Educação Antirracista: Povos Afro-Brasileiros" por meio do Farol. Esse currículo tem o propósito de apoiar ações em prol da educação para as relações étnico-raciais realizadas por profissionais de educação em São Paulo. O Secretário de Educação, Fernando Padula, destaca que a Expo Internacional Dia da Consciência Negra contribui para o trabalho da SME, abrangendo toda a comunidade escolar e promovendo a diversidade e práticas antirracistas.

Elaine Gomes, coordenadora de Projetos e gerente da II Expo Internacional da Consciência Negra, enfatiza que a luta contra o racismo estrutural começa com a educação. Ela destaca que a educação antirracista é essencial para transformar a sociedade e que a Expo é uma celebração desse protagonismo.

A Expo Internacional Dia da Consciência Negra acontecerá de 18 a 21 de novembro no Memorial da América Latina, em São Paulo. O evento será das 10h às 22h e contará com palestras, debates, feira de afroempreendedores, oficinas culturais e shows. Uma oportunidade única de celebrar a diversidade e unir-se na luta contra o racismo estrutural.

Para saber mais, acesse o nosso aplicativo.

 

 

 

Comentários:
Thays Andrade

Publicado por:

Thays Andrade

Jornalista

Saiba Mais