Áfricas - A NOSSA agência de noticia preta

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Movimento negro

Hip Hop em Ação: Reconstruindo o Rio Grande do Sul

Redação .
Por Redação .
/ 34 acessos
Hip Hop em Ação: Reconstruindo o Rio Grande do Sul
Divulgação
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

BAIXE agora o APP Áfricas  [ CLIQUE  AQUI ]
Siga nosso NOVO CANAL no WhatsApp 
Siga-nos no Instagram

Hip Hop em Ação: Reconstruindo o Rio Grande do Sul

O movimento hip hop gaúcho está mostrando sua força e união em um momento de grande necessidade para o estado. Diante das devastadoras enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul, a Associação do Hip Hop de Esteio (ACHE) lançou o Programa Reconstrução Hip Hop, uma iniciativa abrangente que visa oferecer apoio e solidariedade às comunidades mais afetadas.

O programa contempla cinco ações estruturais:

1. Hip Hop Alimentação: Cestas básicas para 200 famílias

A partir da segunda quinzena de junho, 200 famílias dos bairros mais atingidos pelas enchentes em Esteio receberão cestas básicas durante seis meses. A iniciativa, realizada em parceria com o Governo Federal e a Conab, visa garantir a segurança alimentar das famílias nesse momento difícil.

Publicidade

Leia Também:

2. Vale Cultura Hip Hop: Auxílio financeiro para 100 artistas

A Casa da Cultura Hip Hop de Esteio doará R$ 300,00 em parcela única para 100 artistas da região. O Vale Cultura Hip Hop tem como objetivo auxiliar os artistas que foram afetados pelas inundações e fomentar a retomada da economia da cultura local.

3. Reconstrução de 10 espaços culturais

A ACHE destinará R$ 10.000,00 para a reconstrução de 10 espaços culturais do hip hop que foram danificados pelas enchentes. A iniciativa visa garantir que esses espaços, que são importantes centros de expressão e integração social, possam reabrir suas portas e continuar servindo à comunidade.

4. Grupo Terapêutico: Apoio psicológico para 100 pessoas

Em parceria com a Escola de Psicanálise Americana, a ACHE oferecerá acompanhamento psicológico gratuito para 100 pessoas engajadas na cultura hip hop que foram afetadas pelas enchentes. O grupo terapêutico terá duração de seis meses e visa auxiliar os participantes a lidar com os traumas e desafios emocionais vividos nesse período.

5. Homenagem aos voluntários: Mural de grafite gigante

Artistas do Beco RS Crew se uniram para criar um mural de grafite de 100m2 na fachada da Casa da Cultura Hip Hop de Esteio. A obra de arte é uma homenagem aos voluntários e profissionais que se dedicaram aos resgates e à reconstrução do Rio Grande do Sul após as enchentes.

Como ajudar:

Empresas e pessoas físicas que desejam contribuir com as ações do Programa Reconstrução Hip Hop podem fazer doações através do pix [endereço de e-mail removido] ou enviar cestas básicas para o endereço Rua José Guimarães 203, Bairro São Sebastião, Esteio/RS. Uma prestação de contas será realizada para comprovar o destino dos recursos e alimentos doados.

Juntos, podemos reconstruir o Rio Grande do Sul!

Comentários:
Redação .

Publicado por:

Redação .

Saiba Mais