Áfricas - A NOSSA agência de noticia preta

Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Mundo

Etnólogo angolano presenteia Dagoberto Fonseca com coletânea 'Os Bantu na visão de Mafrano'

Washington Andrade
Por Washington Andrade
/ 100 acessos
Etnólogo angolano presenteia Dagoberto Fonseca com coletânea 'Os Bantu na visão de Mafrano'
Antropólogo brasileiro (ao centro) © Fotografia por: DR
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

BAIXE agora o APP Áfricas  [ CLIQUE  AQUI ]
Siga nosso NOVO CANAL no WhatsApp 
Siga-nos no Instagram

Colectânea de Mafrano oferecida a Dagoberto Fonseca

Os dois volumes da colectânea “Os Bantu na visão de Mafrano”, do escritor e etnólogo angolano Maurício Caetano, foram oferecidos ontem à delegação de antropólogos brasileiros chefiada pelo docente universitário Dagoberto Fonseca, no Arquivo Nacional de Angola, em Luanda.

Antropólogo brasileiro (ao centro) © Fotografia por: DR

O encontro com a família de "Mafrano” decorreu na presença da directora-geral do Arquivo Nacional de Angola, Constança Ceita, e de outros funcionários desta instituição.

Publicidade

Leia Também:

Dagoberto Fonseca é um dos principais impulsionadores da publicação e apresentação no Brasil da colectânea "Os Bantu na visão de Mafrano”, em Março de 2024. No Brasil, a colectânea de Mafrano deverá ser apresentada nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Araraquara, Bahia e Brasília.

O antropólogo e docente brasileiro e a sua equipa estão em Luanda desde domingo, com o propósito de elaborar um Acordo de Cooperação Técnica-Académica, científica e Cultural com o Arquivo Nacional de Angola e o Instituto de Fomento Turístico de Angola, ambos do Ministério da Cultura e Turismo e a Universidade Estadual Paulista (UNESP).

O professor Dagoberto Fonseca vai apresentar também três obras da sua autoria, sábado, na sede da União dos Escritores Angolanos, e estreitar relações com académicos e autores angolanos.

Carreira de Dedicação e Pesquisa

O professor Dagoberto iniciou a sua carreira académica, em 1984, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo no curso de Ciências Sociais, ministrou curso de Alfabetização e Educação de Jovens e Adultos e trabalhou com o Professor Paulo Freire entre 1991 e 1992 no Gabinete da Secretaria Municipal de Educação em São Paulo, faz pesquisas na área da Antropologia, desde 1985, sobre as populações negras no Brasil e as africanas em especial, as de Angola e de Moçambique.

No seu pós-doutorado, realizou as pesquisas e entrevistas em Luanda, em 2008.

Explore mais histórias e baixe nosso aplicativo para notícias emocionantes.

BAIXE O APP

Comentários:
Washington Andrade

Publicado por:

Washington Andrade

CEO do ÁFRICAS e Jornalista

Saiba Mais